Arte & Cultura
“Tributo a Elis, 35 anos de saudades” em Paulínia
28
Maio

“Tributo a Elis, 35 anos de saudades” em Paulínia

28.05 | Mariana Vasconcelos apresenta Tributo a Elis Regina em Paulínia

Show será no dia 28 de maio, às 20h, no Teatro Municipal. Os ingressos custam R$ 80,00 (inteira), com meia-entrada para estudantes, idosos, aposentados, funcionários públicos, professores, associados de agremiações e clubes, todos mediante a apresentação das respectivas carteiras de identificação.

Mariana Vasconcelos faz uma interpretação magnífica no show musical “Tributo a Elis, 35 anos de saudades”, com única apresentação em Paulínia no domingo, 28 de maio, às 20h, no Teatro Municipal de Paulínia (Av. Pref. José Lozano Araújo, 1551 - Parque Brasil 500).

Com Douglas Ferreira no violão 7 cordas e Wendel Silva ao piano, o espetáculo apresenta 25 canções selecionadas entre os grandes sucessos de Elis Regina,  como “Águas de Março”, clássico de Tom Jobim;  “Arrastão”, “Como Nossos Pais” e “Saudosa Maloca” entre outros.

Entre os diferenciais do show estão os novos arranjos para as músicas apresentadas e as emocionantes imagens exibidas em um telão que ajudam a compor o cenário e trazem toda a energia da cantora para o espetáculo. O show musical tem 80 minutos de duração. A produção é assinada por Celsinho Lins, da Barra Forte Produções Artísticas, e direção musical de Douglas Ferreira.

Os ingressos custam R$ 80,00 a inteira, com o benefício da meia-entrada para estudantes, idosos, aposentados, funcionários públicos, professores, associados de agremiações e clubes, todos mediante a apresentação das respectivas carteiras de identificação.

As vendas estão sendo feitas na bilheteria do Teatro Municipal de Paulínia, e na loja da Cia. Brasil Turismo, em Campinas (Rua Barão de Jaguara, 1022, Loja 16, Galeria Trabulsi, Centro), e pela internet no site www.bilheteriarapida.com. Vendas, também, pelo número 0800 777-8214. Informações pelo telefone (19) 4042-5013/ (19) 3232-2222. 

Sobre o show

O produtor Celsinho Lins já conhecia Mariana e Douglas - músicos que estudaram no Conservatório Musical de Tatuí - e pensava em realizar um show com eles. O que encantava o produtor era a capacidade da dupla de passear por diferentes linguagens de estilo, sempre brincando com proposituras musicais e improvisações.

Juntos há quatro anos, o duo ora revisitava clássicos do samba e da bossa nova, ora canções de outrora do repertório da música nordestina com arranjos concebidos para o violão 7 cordas.

A ideia de propor um show em homenagem a Elis Regina foi sugerida por Celsinho ao reconhecer, nos timbres da voz de Mariana Vasconcelos, semelhanças com os da “Pimentinha”. No entanto, os músicos eram relutantes em fazer shows no estilo cover que exigiriam muito instrumental, performance e figurino.

“Nós, como artistas, entendemos que seria uma ousadia tentar copiá-la. Até mesmo porque a minha aparência física não tem nada a ver com a da Elis. Por isso, optamos por um trabalho no qual colocamos nossas expressões artísticas para homenageá-la. Tem sido uma honra e um aprendizado muito grande estudar seus arranjos e a sua interpretação. Afinal, Elis sempre será uma grande referência para todos nós”, explica Mariana.

Para a montagem do espetáculo, foi convidado o pianista Wendel Silva - também do Conservatório de Tatuí - e Cris Monteiro, na percussão. Neste formato, os músicos aprovaram a produção que estreou em setembro de 2016 no Teatro de São João da Boa Vista, passando por Americana, no Teatro Paulo Autran, Espaço Cultural da Unicamp, SESC de Santo André e Clube Pinheiros de São Paulo. Agora é a vez de Paulínia - antes de seguir turnê pelo interior de São Paulo e de Minas Gerais.

“Esse show tem sido uma escola. Tenho percebido que tudo o que estudei na vida sempre passou pela Elis. É uma grande responsabilidade. Mas temos recebido tanta força de outros músicos e do público que esse trabalho tem sido mais gratificante a cada show”, complementa Mariana.


Sobre os músicos

A amizade entre Mariana Vasconcelos e Douglas Ferreira começou nos corredores do renomado Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos - o Conservatório de Tatuí - com a proposta de um duo para explorar os mais variados ritmos da Música Popular Brasileira.

A dupla surpreende com inserções inusitadas de trechos de choro e jazz em composições bem conhecidas do cancioneiro popular, algumas delas imortalizadas por Elis, e que levaram o produtor a propor a concepção do espetáculo.


Serviço

Tributo a Elis, 35 anos de saudade!
Dia:
Domingo, 28 de maio
Horário: 20h
Local: Teatro Municipal de Paulínia (Av. Pref. José Lozano Araújo, 1551, Parque Brasil 500).

Informações: (19) 4042-5013
Ingressos: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia). Estudantes, idosos, aposentados, funcionários públicos, professores, associados de agremiações e clubes têm direito a meia-entrada mediante a apresentação das respectivas carteiras de identificação e para os moradores de Paulínia com comprovante de endereço.
Locais de venda
Bilheteria do Teatro Municipal de Paulínia  (Av. Pref. José Lozano Araújo, 1551, Parque Brasil 500)
Horário: De segunda a quinta, das 9h às 19h; sexta, das 9h às 22h, sábado, das 14h às 22h; domingo, das 15h às 22h
Informações: (19) 4042.5013

Cia Brasil Turismo / Campinas-SP (Rua Barão de Jaguara, 1022, Loja 16, Galeria Trabulsi, Centro)
Horário: De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, sábado, das 9h às 12h.
Informações: (19) 3232-2222

Vendas por telefone: 0800 777-8214
Vendas online: www.bilheteriarapida.com

Related items